terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Fronteira

risco _______________

                                        traço
                                                 ________
                                                                 
                                                             
- Vem a cultura e apaga tudo

                                            .
                                                
                                             ponto

domingo, 25 de janeiro de 2015

Todas as cartas são ridículas


Foi a ideia que me assaltou depois de ter depositado os subscritos no marco.
E, é a ideia que me assalta sempre que recebo cartas. Só recebo contas!

domingo, 18 de janeiro de 2015

MacGyver! Onde é que tu andas quando eu preciso de ti, moço?


Se ao menos tivesses um carro que anda sozinho como o Michael Knight... Eu chamava e ele trazia-te. 
Ou então, uma carrinha como o Esquadrão Classe A...o Esquadrão Classe A, havia de aparecer assim que me ouvisse, cheio de planos e a falar português do Brasil com delay.
Mas, tu não! Tu tinhas que te armar em lobo solitário e eu nunca sei de ti quando preciso. 
Nem de ti, nem do teu canivete!

Consegui! Abri isto sozinha! 
Pronto, segue lá com a tua vidinha que eu já não preciso de ti, para nada...



quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Para coser


A prestações. A República sempre viveu a crédito.


Revista O Ocidente, nº 111, 1910